Mossoró/RN, 26 de Setembro de 2021

Com três meses de salários atrasados, motoristas iniciam nova greve na Uern

Completando três meses de salários atrasados, os motoristas terceirizados pela UERN iniciaram mais uma paralisação de sua atividades na última segunda-feira (1°).

O secretário-geral Sindicato dos Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN), Arnaldo Dias, explicou ao PORTAL DO OESTE que a greve foi deflagrada em razão de não haver nenhuma previsão de pagamento dos salários dos motoristas contratados pela empresa Acrópole.

O sindicalista acrescentou que o último salário recebido pelos motoristas foi em dezembro de 2018, sendo que a categoria acumula três meses de salários atrasados.

O PORTAL DO OESTE procurou a UERN e a empresa Acrópole, mas não teve retorno até o momento.

Postado em 3 de abril de 2019