Mossoró/RN, 17 de Abril de 2021

Fruticultura potiguar conhece o mercado de frutas e a logística da China

A fruticultura potiguar conheceu nesta segunda-feira (13) o mercado de frutas e a logística adotada adotada no escoamento da produção chinesa.

O presidente do Comitê de Fitossanidade do Rio Grande do Norte (COEX) e maior produtor de melão do mundo, Luiz Barcelos, está na China, acompanhando a agenda da ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Barcelos informou ao PORTAL DO OESTE que na próxima quarta-feira (15) haverá uma reunião com autoridades chinesas para tratar da abertura do mercado local para a fruticultura irrigada potiguar. A expectativa é que um protocolo seja assinado liberando a exportação do melão potiguar para a China.

Segundo o presidente da Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte (Sistema Faern/Senar), José Álvares Vieira, a expectativa é que a abertura do mercado chinês para a fruticultura potiguar gere inicialmente três mil empregos diretos. “Conversando preliminarmente com alguns produtores de melão, 30% de imediato se consegue ampliar na produção e isso representa em torno de três mil empregos diretos”, disse Zé Vieira, recentemente.

Postado em 13 de maio de 2019