Mossoró/RN, 01 de Dezembro de 2021

Só Rosalba não vê que está errada?

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Isabel Montenegro, sete vereadores de oposição, alguns vereadores da base aliada, três sindicatos, milhares de servidores públicos, todos mostrando que não faz qualquer sentido a prefeita Rosalba Ciarlini investir contra o pagamento em folha da contribuição sindical dos servidores de públicos de Mossoró.

Apesar disto, a prefeita prefere fechar os olhos e os ouvidos a todos os conselhos, a todas as palavras, a qualquer recomendação. Parece que na cartilha que Rosalba aprendeu a ler, não existe palavras como bom-senso, ponderação e humildade.

Ao contrário disto, sobraram lições de perseguição e politicagem rasteira. Coisa que ela já deveria ter superado, tendo em vista o grande lastro que tem na vida pública. A bomba, no entanto, está no colo dos vereadores que lhe apoiam.

Com receio de saírem ainda mais queimados perante a opinião pública, eles têm retardado a votação já por duas sessões na Câmara Municipal, mas, a pergunta que não quer calar é: até quando resistirão à pressão rosalbista?

Alguns são totalmente cegos às ordens do Palácio, votam sem sequer ler o que chega àquela casa de Mãe Joana. Mas outros, têm ponderado em aprofundar o desgaste às vésperas de um pleito eleitoral. Será que valerá a pena mesmo esta lealdade canina à prefeita? E a Rosalba, vale mesmo a pena fingir-se de cega e surda ante algo tão óbvio que é esta perseguição aos sindicatos.

Será que ela acha mesmo que com isto calará sindicalistas já ressabiados com a luta ao longo da história, acostumados a lutar de sol a sol? Será que não vê que o caminho é outro? Talvez, neste momento, de recuar? Se não percebe, ainda não aprendeu a jogar. Está dando ainda mais força ao “inimigo”.

Francisco Otaviano de Queiroz Filho

Servidor público aposentado.

Postado em 4 de junho de 2019