Mossoró/RN, 14 de Abril de 2021

Câmara reforça submissão e aprova projeto de Rosalba que enfraquece sindicatos

A Câmara Municipal de Mossoró deu mais uma demonstração de submissão à Prefeitura de Mossoró e aprovou, nesta quarta-feira (05), projeto de lei de autoria da prefeita Rosalba Ciarlini que enfraquece o movimento sindical.

A presença de sindicalistas e o tumulto provocado na sessão não intimidaram os vereadores da bancada governista, que com 12 votos aprovaram o projeto.

Com isso, a Prefeitura de Mossoró não vai mais descontar em folha a contribuição sindical dos servidores públicos municipais. O projeto não representa nenhum benefício para os mossoroenses, mas atende desejo da prefeita Rosalba Ciarlini de enfraquecer os sindicatos, especialmente o Sindiserpum.

Votaram a favor do projeto os vereadores Alex Moacir (MDB), Manoel Bezerra (PRTB), Didi de Arnor (PRB), Sandra Rosado (PSDB), Rondinelli Carlos (PMN), Aline Couto (sem partido), Zé Peixeiro (PTC), Maria das Malhas (PSD), Francisco Carlos (PP), Ricardo de Dodoca (Pros) e Tony Cabelos (PSD). Todos da bancada governista.

O vereador João Gentil, que se declara independente, também votou a favor do desejo de Rosalba.

A bancada de oposição se ausentou da sessão e os vereadores Emilio Ferreira e Flavio Tácio levaram falta.

É só mais um ato que reforça a total falta de independência do legislativo mossoroense.

Foto: Edilberto Barros/CMM

*Com informações do Blog de Saulo Vale

Postado em 5 de junho de 2019