Mossoró/RN, 03 de Agosto de 2021

A Lava Jato e a Justiça na Lama

Pelo que já li no The Intercepet e nas respostas do MPF e do ministro Moro, nenhum deles leram as reportagens. E nem mesmo quem está destratando um dos maiores serviços prestados a democracia do mundo. O The Intercepet faz o que nem a mídia tradicional e nem os “independentes” fazem. Não ganharam um Pulitzer à toa.

A Lava Jato é um Watergate do Judiciário e do MP. Mostrando como a promiscuidade destes em nome de “boas intenções” é um atentado ao Estado de Direito e a Democracia. Que o diga o juiz que, ao sair de sua toga e ir para um ministério, o fez apenas como antesala para a sua entrada na Suprema Corte.

Prostituição? Sim. Mas onde não poderia nunca ocorrer.
Prevaricação? Sem dúvidas.

Tem mais crimes, prescritos na conduta do juiz e dos demais. Mas o pior é que, nosso sistema judicial, já mal visto, agora é comprovadamente político e sabotador.

Agora sim cabem reformas. Cortem na carne como se costuma dizer.
Quanto ao ex-juiz e aos demais, se querem fazer Política, que saiam de seus espaços de privilégios e poder e dêem a cara a tapa nas ruas, se candidatando e se submetendo ao escrutínio popular.

A democracia e a República foram feridas de morte pela LJ. Não porque houvessem santos entre os réus. Mas porque um dos pilares destas é uma Justiça imparcial e eficiente. Eles transformaram a Justiça em uma máquina a serviço do Fascismo.

E tudo em nome de Deus.

Postado em 10 de junho de 2019