Mossoró/RN, 23 de Outubro de 2021

Inspeção do TCE: Só 25% da estrutura física do Hospital da Mulher foram concluídos até hoje

O secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, acompanhou nesta quarta-feira (14) a inspeção feita por dois técnicos do Tribunal de Contas do Estado na obra do Hospital da Mulher, que o Governo do RN está construindo em Mossoró com recursos do empréstimo do Banco Mundial. “Essa é a maior obra realizada com recursos do empréstimo, mas, infelizmente, avançou pouco nos quase vinte meses decorridos desde a assinatura da ordem de serviço, pela gestão anterior. Há muitos problemas no projeto, mas a governadora Fátima Bezerra está determinada a concluir o hospital, resolvendo todos os problemas, passo a passo, com a colaboração decisiva de todos os órgãos públicos envolvidos”, afirmou o secretário.

A ordem de serviço foi assinada em 29 de dezembro de 2017, prevendo investimentos de R$ 104 milhões na construção dos quatro blocos e na compra dos equipamentos, mas apenas 25% da estrutura física foram concluídos até hoje. No decorrer da obra foram verificados problemas técnicos nos projetos de engenharia, que estão sendo corrigidos pela atual gestão. “Nesses oito meses de trabalho, enfrentamos os problemas, um por um, fazendo os ajustes técnicos necessários”, explicou Mineiro. Além do secretário e dos técnicos do TCE, participaram da inspeção consultores dos setores jurídico e de engenharia do Projeto Governo Cidadão, membros da Procuradoria Geral do Estado e da Secretaria de Saúde Pública, e engenheiros da CG Construções (empresa responsável pela obra).

O Hospital da Mulher terá 118 leitos e será unidade de referência no atendimento às mulheres de 62 municípios dos territórios de Assu-Mossoró, Sertão do Apodi e Alto Oeste. A estimativa é de 20 mil atendimentos por ano. O complexo inclui assistência ambulatorial, pronto-socorro, leitos de UTI, centro obstétrico com salas de parto humanizado, banco de leite humano e serviços de suporte para mulheres vítimas de violência. A unidade funcionará ainda como hospital de estágio, em parceria com a UERN (Universidade Estadual do RN).

Foto: João Vital

Postado em 15 de agosto de 2019