Mossoró/RN, 01 de Dezembro de 2021

Rosalba deixa de repassar R$ 43 milhões à previdência; rombo já passa de R$ 100 milhões

Dados revelados nesta terça-feira (12) pelo Sindiserpum (Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró) mostram que em apenas dois anos e oito meses do atual mandato, a prefeita Rosalba Ciarlini deixou de repassar mais de R$ 43 milhões à previdência municipal. O rombo acumulado, incluindo gestões anteriores, já passa dos R$ 100 milhões.

Segundo o Sindiserpum, em março de 2017, a Prefeitura de Mossoró parcelou, com o aval da Câmara Municipal, uma dívida de gestões anteriores no valor de R$ 75.466,651,94 em até 200 meses. Neste montante já estavam incluídos três meses da gestão Rosalba (janeiro a março).  

Na mesma ocasião, foi aprovado que até a data de publicação do parcelamento, Rosalba poderia fazer um outro parcelamento em 60 meses, o que só veio a acontecer em agosto de 2017.

Desta forma, segundo o sindicato, só de parcelamentos, a conta de Rosalba com a Previ Mossoró já somava R$ 23.593.197,05, sendo que R$ 19.494,390,36 ainda estão pendentes de pagamento.

O Sindiserpum acrescenta que de agosto de 2018 a agosto de 2019, Rosalba deixou de repassar mais R$ 23.714.317,78 à previdência municipal, totalizando uma dívida de R$ 43.208.708,14, sem contabilizar os meses de setembro e outubro deste ano.

Até agosto passado, a Previ Mossoró já acumulava um rombo de R$ 108.823.151.39, em razão de contribuições não repassadas nas gestões Fafá Rosado, Cláudia Regina, Silveira Júnior e Rosalba Ciarlini.

Para tentar reverter esse quadro, o Sindiserpum vai mover uma ação judicial para cobrar a dívida do Município com a Previ Mossoró.“Não iremos permitir de Rosalba sucatei a Previ-Mossoró como fez com Fundo Previdenciário dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte. Já acionamos o nosso departamento jurídico e faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para proteger os nossos aposentados da maldade de Rosalba”, comenta a presidenta do Sindiserpum, Marleide Cunha.

Postado em 12 de novembro de 2019