Mossoró/RN, 28 de Julho de 2021

As prioridades de Rosalba: PMM quer furar fila para pagar projeto de decoração natalina

O BLOG DO MAGNOS já mostrou que a prefeita Rosalba Ciarlini deixou os serviços essenciais de lado para apostar numa política de pão e circo, especialmente circo.

Para mostrar de forma bem clara essa postura, vamos pegar duas situações do cotidiano atual dos mossoroenses. De um lado temos centenas de pacientes com diabetes aguardando por insulinas e do outro a decoração de fim de ano. Qual deveria ser a prioridade? Acredito que todos concordam que deveria ser a saúde dos mossoroenses. Mas não é assim que pensa a gestão Rosalba Ciarlini.

Enquanto não apresenta uma solução e os pacientes com diabetes sofrem com a falta de insulinas e outros insumos, a Prefeitura de Mossoró está tratando com total prioridade a decoração natalina. E não sou eu que estou dizendo. São os fatos.

Quando questionado sobre a falta de insulinas, o Município responde que está resolvendo. Uma resposta vazia. Por outro lado, quando o assunto é decoração natalina, Rosalba e sua equipe estão resolvendo de verdade.

Tanto é que a secretária municipal de Infraestrutura, Kátia Pinto, publicou pedido no JOM (Jornal Oficial do Município) para furar a fila de pagamentos do Município para priorizar o projeto de decoração natalina.

É isso mesmo que você está lendo. A gestão Rosalba não está pedindo ao TCE (Tribunal de Contas do Estado) para desrespeitar a ordem cronológica de pagamentos por questões de saúde, educação ou segurança, é pelo circo mesmo.

As prioridades da prefeita Rosalba Ciarlini ficam ainda mais evidentes na forma como o projeto de decoração natalina é tratado pela gestão. Na justificativa apresentada ao TCE, a Prefeitura de Mossoró trata o projeto como “serviço importante para a qualidade de vida da população mossoroense, “de imensa relevância” e diz que o pagamento fora da ordem cronológica é para a “proteção ao interesse público”.

Vale ressaltar que o contrato entre a Prefeitura de Mossoró e a executora do projeto foi assinado há apenas um mês, em 15 de outubro. Ao mesmo tempo, nós temos hospitais, clínicas e cooperativas médicas suspendendo atendimento aos mossoroenses por falta de pagamento de meses e meses.

Está claro que para a gestão Rosalba decoração natalina é algo fundamental, dentro da política de oferecer circo ao povo. E para os mossoroenses, o que realmente importa?

Postado em 16 de novembro de 2019