Mossoró/RN, 21 de Maro de 2023

Em cinco meses, Rosalba se torna alvo de quatro ações do MPRN e MPF

O ano de 2019 não foi ruim apenas administrativamente para a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini. Além de fracasso da gestão municipal, ela está sendo acoçada pelos órgãos de fiscalização.

Em um prazo inferior a cinco meses, entre agosto passado e este mês, Rosalba se tornou alvo de quatro ações de investigação, sendo duas do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e duas do Ministério Público Federal (MPF)

As ações do MPRN apura a falta de repasses para Previ Mossoró e também para o pagamento dos empréstimos consignados feitos pelos servidores do Município, que são descontados em folha. São investigações relacionadas ao atual mandato de prefeita de Rosalba.

Já o MPF acusa a prefeita de Mossoró de recebimento de propina na construção da Arena das Dunas e também no processo de instalação da empresa Inspar, que seria responsável pelo serviço de inspeção veicular no Rio Grande do Norte. Atos de quando Rosalba era a governadora do estado.

Confira as ações me ordem cronológica

19 de dezembro

12 de dezembro

28 de novembro

28 de agosto

Postado em 20 de dezembro de 2019