Mossoró/RN, 29 de Setembro de 2022

Governo diz que reajuste do piso não pode ser quitado neste ano; professores realizam ato na Governadoria

Em reunião com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte-RN) e com integrantes da comissão de greve, nesta quarta-feira (11), os secretários do Gabinete Civil, Raimundo Alves, e de Educação, Getúlio Marques, informaram que a governadora Fátima Bezerra determinou que a equipe econômica do Governo apresente uma nova proposta para quitação no próximo ano do valor retroativo referente ao Piso Salarial 2020. O montante do passivo ainda não está definido, pois vai depender do período em que for implantado o Piso Salarial deste ano.

Segundo Raimundo Alves, a lei orçamentária de 2020 impossibilita qualquer proposta de quitação ainda neste ano porque não prevê orçamento para tal finalidade.

Segundo o Sinte-RN, em comparação com a proposição anterior, o Governo apenas indicou que o pagamento do retroativo poderia ser feito ao longo de 2021, diminuindo de dois para um ano o tempo desse parcelamento, ou seja, em 12 vezes. Também prometeu antecipar esse pagamento caso entre em caixa recursos do Fundef. “A proposta não satisfez a comissão” avaliou o sindicato.

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de Ensino realizaram o 1º Ato Público em prol da implantação do reajuste do Piso Salarial 2020. Eles protestaram contra as propostas até então apresentadas pelo Governo do RN para aplicação dessa correção. A atividade aconteceu em frente à sede da Governadoria, no Centro Administrativo.

Postado em 11 de março de 2020