Mossoró/RN, 17 de Maio de 2021

Vereador Ozaniel Mesquita cobra mais atenção do Estado e Município ao novo coronavírus

Em meio à preocupação geral com a pandemia do Covid-19 (coronavírus), o vereador Ozaniel Mesquita (PL) usou a tribuna no pequeno expediente da sessão ordinária da Câmara Municipal de Mossoró, nesta terça-feira, 17, para externar sua preocupação com esse problema mundial. Para sua surpresa, o vereador diz que observa pouca preocupação por parte do governo do Rio Grande do Norte e Prefeitura de Mossoró.

A preocupação, na avaliação o vereador, é de todos e com todos, principalmente com os profissionais da saúde que lidam de forma direta com o combate ao coronavírus.

Lembrou Ozaniel Mesquita que, em Mossoró, não existem leitos específicos casos que porventura venham a ser confirmados, e o paciente com Corona Vírus será transferido para Natal, no Hospital Giselda Trigueiro. “E quando a capital não tiver mais vagas disponíveis”, preocupa-se. 

Como sugestão para Mossoró, o vereador propôs a abertura de um espaço no Hospital Rafael Fernandes para atender as pessoas em situação mais grave e que precise, de forma urgente, submeter-se aos exames necessários para detectar ou não a presença do coronavírus.

O vereador visitou também o Hospital Regional Tarcísio Maia e ouviu da direção a promessa de que alguns leitos extras serão solicitados para atender a população. Nos dois casos, HRTM e Rafael Fernandes, o vereador disse que se manterá vigilante para cobrar todas as providências necessárias.

Água no Liberdade

Outro tema abordado pelo vereador, em seu pronunciamento, diz respeito ao abastecimento de água no Planalto da Liberdade II. Na comunidade, duas ruas estão sem receber o devido abastecimento. Depois de conversar com moradores, o vereador procurou o escritório da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) em Mossoró.

 “Recebemos a garantia de que uma equipe visitará os locais indicados para estudar a viabilidade da ampliação da rede e nós agradecemos a atenção dos seus diretores”, disse Ozaniel. Enfrentam o problema as ruas Maria Trindade Filho e Silvino Trindade.

Postado em 17 de março de 2020