Mossoró/RN, 19 de Abril de 2021

Com 21 casos suspeitos do novo coronavírus, Baraúna fica fora de barreiras sanitárias da Prefeitura de Mossoró, alerta locutor

O locutor da FM 98, Ugmar Nogueira, está fazendo um alerta importante para o combate a proliferação do novo coronavírus em Mossoró. Ele observa que o município de Baraúna, com 21 casos suspeitos de coronavírus, ficou fora das barreiras sanitárias instaladas pela Prefeitura de Mossoró a partir de hoje.

Ugmar Nogueira diz que em razão dos números de casos, Baraúna deveria ser prioridade da Secretaria Municipal de Saúde Mossoró quando da adoção de medidas de prevenção à entrada do coronavírus em Mossoró. “Não sei qual foi o critério para escolha. Mas acredito que há um equívoco. Baraúna com 21 casos fica fora, enquanto que Apodi, com 3, e Governador Dix-Sept Rosado, com 4, são escolhidos.”, avalia o lucutor.

Procurado pelo BLOG DO MAGNOS, a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde disse que se trata de um projeto piloto e que irá sugerir a inclusão de Baraúna.

Segundo a Secretaria de Saúde, as barreiras sanitárias tem o objetivo de dificultar a chegada e a saída de algum agente patológico do novo coronavírus em Mossoró. “As barreiras sanitárias não limitam ou proíbem as pessoas de ir ou vir, mas sim nos casos que sejam identificados algum suspeito do Covid-19. Caso seja identificado alguma possível suspeita, a Secretaria de Saúde vai encaminhar o indivíduo a uma Unidade de Pronto Atendimento mais próxima.”, acrescentou.

Postado em 27 de março de 2020