Mossoró/RN, 22 de Abril de 2021

Com pleito atendido, Isolda comemora antecipação de formatura dos estudantes de medicina da Uern

Hoje (6), a Secretaria de Educação lançou a portaria autorizando o adiantamento de formatura de estudantes de medicina para que, de imediato, a UERN possa cumprir (O Portal do Oeste informou a publicação desse decreto ainda no domingo).

Há duas semanas a deputada Isolda Dantas solicitou o antecipação da formatura de estudantes do último período de medicina da UERN com o intuito de fortalecer a frente de batalha contra o coronavírus no RN. A deputada vem dialogando com os concluintes, o governo do Estado e a UERN por entender a urgência de aumentar o número de profissionais de saúde no Estado para atuarem na contenção da epidemia.

A crise atual requer um maior número de médicos na rede pública e até na rede privada. Os executivos federal, estadual e municipal estão viabilizando convocação de médicos por meio de editais de chamamento público nos quais se oferecem vagas. Segundo as regras do MEC, os alunos do curso de Medicina precisam cumprir uma carga horária mínima de 7.200 horas para se formar. A UERN exige bem mais que o MEC, sendo exigidas 9.690 horas. Mas a turma de Medicina da UERN já cumpriu 9.060 horas, totalizando-se em aproximadamente 93% da carga horária cumprida.

Recentemente, foram julgados diversos casos em que se autoriza a antecipação da colação de grau já no contexto da crise do coronavirus. Diante dos constantes pedidos, o governo federal publicou uma medida provisória n.934 em que autoriza que tal antecipação seja feita em todos os cursos de saúde.

“Considerando o quadro pandêmico do novo Coronavírus, que pode superlotar e sobrecarregar o sistema público de saúde, é preciso que o Estado do Rio Grande do Norte não espere, se previna de todas as formas. Contratar mais profissionais da saúde em caráter emergencial é fundamental. Vitória da saúde!”.

Postado em 6 de abril de 2020