Mossoró/RN, 07 de Maio de 2021

MPF recorre e TRF5 concede liminar para indisponibilidade de bens de Rosalba e esposo

Após a Justiça Federal no Rio Grande do Norte (JFRN) negar, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região deferiu pedido de liminar do Ministério Público Federal para indisponibilidade de bens da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini; do seu esposo, o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado; do ex-senador José Agripino, e do empresário José Bezerra.

A decisão foi do desembargador federal Elio Wanderley de Siqueira Filho e estipula o valor de até R$ 1.150,000,00, que corresponde, segundo a Procuradoria da República no Rio Grande do Norte, ao montante que teria sido pago em propina para instalação do serviço de inspeção veicular no estado, de acordo com o que foi apurado pela Operação Sinal Fechado.

O pedido de indisponibilidade dos bens dos acusados foi feito pelo Procurador da República, Fernando Rocha, que recorreu ao TRF5 após negativa de um juiz da JFRN.

O PORTAL DO OESTE entrou em contato com a assessoria de imprensa de Rosalba, mas ela ainda não se posicionou sobre a decisão do TRF5.

Postado em 14 de abril de 2020