Mossoró/RN, 29 de Setembro de 2022

Prefeitura de Mossoró é a única a usar contêineres em Hospital de Campanha

Instalação do Hospital de Campanha de Mossoró

Entre os cinco maiores municípios do Rio Grande do Norte, a Prefeitura de Mossoró é a única que está utilizando contêineres para montar a estrutura do seu Hospital de Campanha. Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e Macaíba estão com projetos com estruturas bem maiores de alvenaria.

Antigo hotel vai receber o Hospital de Campanha de Natal inicialmente com 110 leitos

A Prefeitura do Natal está instalando o seu Hospital Municipal de Campanha no antigo Hotel Parque da Costeira. A unidade hospitalar iniciará suas atividades com 100 leitos para internação clínica e 10 leitos de UTI. Caso haja necessidade, poderá ampliar sua capacidade para 500 leitos.

Centro Especializado em Reabilitação vai receber 44 leitos em Parnamirim

A Prefeitura de Parnamirim está implantando o Hospital de Campanha utilizando o espaço físico do Centro Especializado em Reabilitação (CER). A unidade vai receber 44 leitos de internação.

Centro Especializado em Reabilitação de São Gonçalo do Amarante receberá 100 leitos

A mesma estratégia está sendo adotada em São Gonçalo do Amarante. A Prefeitura também usará o prédio recém-construído do Centro Especializado em Reabilitação (CER), para montar um Hospital de Campanha com capacidade para 100 leitos.

Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi vai receber 21 leitos em Macaíba

Em Macaíba, a Prefeitura vai montar 21 leitos no Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi.

Já a Prefeitura de Mossoró alugou 12 contêineres para instalação de 20 leitos de retaguarda, com investimento de cerca de R$ 100 mil, incluindo estrutura e pessoal. Menos de 1,5% dos R$ 7 milhões que o Município poupou com o cancelamento do Mossoró Cidade Junina 2020.

Postado em 17 de abril de 2020