Mossoró/RN, 21 de Abril de 2021

“Hospital” de Campanha da Prefeitura de Mossoró está com uma semana de atraso

Prometido para a última segunda-feira (20), o “Hospital” de Campanha da Prefeitura de Mossoró ainda não começou a funcionar.

Segundo a Prefeitura de Mossoró, falta concluir a instalação do oxigênio e da rede de energia elétrica para os leitos poderem receber os pacientes com síndromes respiratórias. 

A estrutura está sendo montada em contêineres ao lado da UPA do Belo Horizonte. Serão 20 leitos de retaguarda. O PORTAL DO OESTE apurou que o investimento geral será de cerca de R$ 100 mil, incluindo os profissionais, leitos e equipamentos. A unidade hospitalar também vai contar com doações e aporte financeiro do Governo Federal.

Com exceção aos novos leitos do Hospital Regional Tarcísio Maia, os demais projetos voltados para o atendimento de pacientes com sintomas da Covid-19 ainda não saíram do papel, incluindo o Hospital de Campanha a ser instalado no Hospital São Luiz e os leitos do Hospital Rafael Fernandes.

Postado em 25 de abril de 2020