Mossoró/RN, 30 de Setembro de 2022

Canetada de secretário da gestão Rosalba já deu prejuízo superior a R$ 16 milhões ao RN, aponta auditoria

Um ofício emitido na gestão Rosalba Ciarlini, em 2013, já deu um prejuízo superior a R$ 16 milhões aos cofres públicos do Estado do Rio Grande do Norte, aponta relatório feito pela Controladoria Geral do Estado e apresentado nesta segunda-feira (11).

De acordo com o relatório, o documento foi emitido por Demetrio Torres, então secretário-geral da Secopa (Secretaria Extraordinária para Assuntos Relativos à Copa do Mundo), e autorizou mudança na repartição da arrecadação da Arena das Dunas com eventos não esportivos. Pelo contrato, a repartição deveria ser meio a meio da receita líquida (após desconto de taxas e tributos), mas o ofício de Demetrio autorizou que a divisão fosse feita em cima do lucro bruto. A informação da publicação do ofício é do jornal O Globo e foi publicada hoje.

A Controladoria entende que a mudança não poderia ser feita através de ofício e recomendou que o Executivo Estadual cobre R$ 16.316.665,96 para cobrir o prejuízo acumulado.

Resumindo: o secretário da então governo Rosalba Ciarlini deu uma canetada que prejudicou o Rio Grande do Norte e beneficiou a concessionária. O motivo? Alguém me diga, por favor!

O outro lado

Em comunicado, A Arena das Dunas disse que ainda não recebeu oficialmente a conclusão da auditoria realizada pela Controladoria Geral do Estado.

Confira o comunicado:

A Arena das Dunas não recebeu oficialmente a conclusão dos trabalhos de auditoria feitos pela Controladoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte (Control-RN).

Estranhamos a notícia de que o resultado de uma auditoria levada a efeito na Control-RN sobre um ativo público seja divulgada em coletiva de imprensa sem que seu teor seja conhecido pelo concessionário.

A Arena das Dunas se posicionará oficialmente após conhecer e analisar a íntegra do referido relatório.

Postado em 11 de maio de 2020