Mossoró/RN, 06 de Maio de 2021

Rosalba pretende ir contra estudos internacionais e liberar uso de hidroxicloroquina

Enquanto estudos internacionais apontam para a ineficácia e o aumento do risco de morte que o uso da hidroxicloroquina representa, a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, pensa em liberar o uso do medicamento.

A prefeita participou de uma vídeoconferência hoje e saiu quase convencida que o Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte tem razão sobre o uso de hidroxicloroquina, mesmo diante de todos os estudos científicos contrários.

A proposta do conselho é facultar aos médicos da atenção básica a prescrição de medicamentos como hidroxicloroquina, azitromicina, cloroquina, ivermectina e outros no tratamento da covid-19, exclusivamente na fase inicial da doença,

Postado em 28 de maio de 2020