Mossoró/RN, 07 de Maio de 2021

Campanha de Vacinação contra o Sarampo passa a imunizar todas as pessoas de 20 e 49 anos

Seguindo orientações do Ministério da Saúde, a Prefeitura Municipal de Mossoró passará a vacinar o público de 20 a 49 anos de forma irrestrita. 
Inicialmente, a imunização estava sendo realizada de forma seletiva, com vacinas destinadas apenas para complementação de doses e atualização do Cartão de Vacinação do público. 

Etevaldo de Lima, coordenador Municipal de Imunização, explica que o Estado do Rio Grande do Norte, decidiu fazer de forma seletiva, diante do número de caso de COVID, porém esses casos reduziram, e o estado orientou seguir com a Campanha de forma indiscriminada. 
“A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo 2020, passa a partir de hoje, a ser de forma Indiscriminada, ou seja, todo indivíduo de 20 a 49 anos de idade, independente do número de doses com o componente Sarampo deve tomar outra dose. Se o usuário já faz mais de 30 dias que tomou uma dose da vacina tríplice viral, deve tomar novamente uma dose desta vacina.”, orienta.

O público-alvo da campanha deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro, levando um documento de identificação e o cartão de vacinação (se possível).  

A vacina tríplice viral é contra indicada para gestantes, assim orienta-se que a imunização seja realizada logo no puerpério. Outra orientação para as mulheres é evitar gravidez no período de 30 dias após a administração da vacina.  

Etevaldo de Lima lembra que a atualização das doses vacinais é de grande importância. “Desde fevereiro 2018, o vírus do sarampo voltou a circular no Brasil. De acordo com dados do último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, neste ano, foram confirmados 7.293 casos de sarampo em 21 estados, além de cinco óbitos, e o Brasil permanece com surto de sarampo nas cinco regiões, com 11 estados com circulação ativa do vírus. Neste cenário, a Campanha de Intensificação da Imunização contra o Sarampo é fundamental”, ressalta.

Postado em 4 de setembro de 2020