Mossoró/RN, 29 de Setembro de 2022

Gestão Rosalba recebeu R$ 44 milhões a mais para para a saúde até agosto

A Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) ameaçou paralisar parte de seus serviços de radioterapia e quimioterapia em razão de dívidas da Prefeitura de Mossoró.

A falta de pagamento aos prestadores de serviços contrasta com o crescimento do volume de recursos destinados à saúde pública que entraram nos cofres da Prefeitura de Mossoró neste ano.

De acordo com dados do Portal da Transparência, até agosto deste ano, a gestão Rosalba Ciarlini recebeu R$ 44 milhões a mais para a saúde, em relação ao mesmo período de 2019.

No total, a Prefeitura de Mossoró recebeu R$ 101.125.003,75 de quatro fontes para a saúde nos sete primeiros meses do ano passado. No mesmo período de 2020, esse montante saltou para R$ 145.126.135,69. São exatos R$ 44.001.131,94 a mais.

Confira abaixo um comparativo por fonte-:

Transferências Fundo a Fundo de Recursos do SUS provenientes do Governo Federal – Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde

2019: R$ 62.047.419,32

2020: R$ 100.698.465,52

Diferença: R$ 38.651.046,20

Transferências Fundo a Fundo de Recursos do SUS provenientes do Governo Estadual

2019: R$ 4.003.545,75

2020: R$ 6.688.267,51

Diferença: R$ 2.684.721,76

Receitas de Impostos e de Transferência de Impostos – Saúde

2019: R$ 33.193.438,55

2020: R$ 35.602.001,11

Diferença: + R$ 2.408.562,56

Transferências de Convênios ou de Contratos de Repasse vinculados à Saúde

2019: R$ 1.451.900,13

2020: 0

Diferença: – R$ 1.451.900,13

Transferências Fundo a Fundo de Recursos do SUS provenientes do Governo Federal – Bloco de Investimento na Rede de Serviços Públicos de Saúde

2019: R$ 428.700,00

2020: R$ 2.137.401,55

Diferença: + R$ 1.708.701,55

Postado em 7 de setembro de 2020