Mossoró/RN, 17 de Maio de 2021

Por iniciar saques no fundo previdenciário, Rosalba tem o direito de assumir a maternidade da reforma da previdência

Durante os dois últimos anos de mandato, 2013 e 2014. a então governadora e atual prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, insistiu para iniciar os saques ao Fundo Previdenciário, que tinha à época um saldo bem vultoso superior a R$ 1 bilhão. Ela insistiu tanto que conseguiu o aval dos deputados estaduais e já de saída do Governo, no pagar das luzes, ainda sacou quase um quarto da “poupança” dos aposentados, cerca de 235 milhões.

Rosalba saiu e o seu sucessor, seu ex-vice Robinson Faria, deu continuidade aos saques até o Fundo Previdenciário secar de vez. Mais de R$ 1 bilhão que seriam usados para pagar os aposentados evaporaram pelas mãos de Rosalba e Robinson.

Diante disso, podemos afirmar que Rosalba e Robinson formam o casal que geraram a reforma da Previdência Estadual aprovada hoje pela Assembleia Legislativa, em primeiro turno.

Como gosta de ser “mãe” das coisas, Rosalba, querendo, tem todo o direito de assumir a maternidade dessa reforma.

Postado em 24 de setembro de 2020