Mossoró/RN, 14 de Abril de 2021

Usuário já pode efetuar pagamento de fatura de energia por meio do Pix

Pix é o pagamento instantâneo brasileiro. O meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia. É prático, rápido e seguro.

Entrou em operação nesta segunda-feira (16) o PIX, novidade criada pelo Banco Central para pagar boletos de forma prática e instantânea, além de realizar transferências bancárias de forma rápida e sem a cobrança de taxas, como as transações TED e DOC.

A Cosern disponibiliza o PIX para os clientes pagarem a fatura de energia. A Neoenergia, que controla a Cosern, é a primeira empresa do setor elétrico brasileiro a oferecer pagamento da conta via PIX, o que reforça o pioneirismo e inovação como premissas do Grupo. 

“A Cosern já vem trabalhando na evolução tecnológica de todos os seus processos há algum tempo. Estamos sempre em busca do que é novo e do que proporciona uma melhoria na experiência do cliente, seguindo com a prática do pioneirismo e forte investimento”, explica Júlio Giraldi, Superintendente de Relacionamento com Clientes da Cosern. 

A presença do PIX na empresa faz parte das iniciativas do Conexão Digital, considerado o maior e mais importante projeto de Pesquisa e Desenvolvimento regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) focado no cliente do setor elétrico no País.

Com isso, a Neoenergia consolida a sua atuação no cenário digital ao integrar os canais de atendimento e novos meios de pagamento.

Aliado ao PIX, a companhia foi pioneira ao oferecer cartão de crédito e a opção do Cartão Virtual Caixa Elo (Auxílio Emergencial) para quitar faturas.

Neste primeiro momento, o pagamento pelo PIX será utilizado pelos clientes que recebem a fatura por e-mail. Quem ainda não é cadastrado na fatura digital pode solicitar o serviço pelo WhatsApp (84 – 32156001) ou site da Cosern (www.cosern.com.br).

Em 2021, o PIX vai ser ampliado e poderá ser utilizado também por quem recebe a fatura impressa.  

Confira no material os 05 principais motivos para aderir ao PIX.

Postado em 17 de novembro de 2020