Mossoró/RN, 17 de Abril de 2021

Casos de chikungunya, dengue e zika disparam em Mossoró em 2020

Os casos confirmados de chikungunya, dengue e zika dispararam em Mossoró em 2020, em comparação com 2019.

De acordo com dados do boletim epidemiológico de arboviroses da Sesap (Secretaria de Estado da Saúde Pública), da semana epidemiológica 01 a 40 de 2020, divilgado hoje, Mossoró registrou 2.237 casos confirmados de chikungunya, de um total de 3.940 casos notificados, crescimento de quase 5.000%. No mesmo período do ano passado, apenas 45 casos foram confirmados, de 456 notificados.

Os casos confirmados de dengue também cresceram muito neste ano em Mossoró. Segundo a Sesap, da semana epidemiológica 01 a 40 de 2020 foram confirmados 1.181 casos de dengue em Mossoró, de 2.873 notificados, crescimento de mais de 300%. No mesmo período de 2019, foram 290 casos confirmados, de 1.960 notificados.

Em 2019, da semana epidemiológica 01 a 40, Mossoró não registrou caso de Zika, e notificou apenas 7. Neste ano, são 184 casos confirmados, de 1.017 notificações.

Postado em 2 de dezembro de 2020