Mossoró/RN, 14 de Abril de 2021

OPINIÃO: Com 13 vereadores de primeira viagem, bancada governista vai ter que quebrar histórico recente

A lista é longa. São 18 vereadores, de um total de 23, que formam a bancada governista, de sustentação do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade), na Câmara Municipal de Mossoró.

Mas a grande quantidade vai vir acompanhada de qualidade no debate? Ainda é impossível fazer essa avaliação em razão do grande número de novos vereadores que compõem a situação.

Se comparássemos apenas os três parlamentares que integram a bancada de oposição com os cinco remanescentes da legislatura passada que estão na situação, poderíamos afirmar que Allyson enfrentaria muitos problemas no legislativo.

A esperança do prefeito, então, está depositada nos novos vereadores, que podem fazer a diferença no debate (ou não). O histórico recente do legislativo mossoroense não é animador.

O eleitor mossoroense tem feito uma constante troca de nomes na Câmara, mas não tem acertado. São nomes e mais nomes, que vem e que vão, sem contribuir com o processo de discussão de Mossoró e sem deixar saudade também.

Com o seu melhor nome, Lawrence Amorim, na presidência da Casa, resta a Allyson torcer para que os novos vereadores da atual legislatura quebrem esse paradigma, ou sua numerosa bancada será engolida pela minúscula oposição.

Bancada governista

Novos nomes

Isaac da Casca (DC)

Carmem Julia de Izabel (MDB)

Cabo Tony Fernandes (Solidariedade)

Naldo Feitosa (PSC)

Wiginis do Gás (Podemos)

Lawrence (Solidariedade)

Marckuty da Maísa (Solidariedade)

Lamarque (PSC)

Gideon Ismaias (Cidadania)

Omar Nogueira (Patriota)

Paulo Igo (Solidariedade)

Edson Carlos (Cidadania)

Costinha (MDB)

Reeleitos

Zé Peixeiro (PP)

Ricardo de Dodoca (PP)

Didi de Arnor (Republicanos)

Genilson Alves (Pros)

Raério Cabeção (PSD)

Bancada de oposição

Larissa Rosado (PSDB)

Marleide Cunha (PT)

Francisco Carlos (Progressistas)

Vereadores independentes

Pablo Aires (PSB)

Lucas das Malhas (MDB)

Postado em 12 de fevereiro de 2021