Mossoró/RN, 17 de Abril de 2021

Fábio Faria virou jagunço de Bolsonaro

Já falei e volto a repetir: o deputado federal licenciado Fábio Faria (PSD/RN) se tornou ministro da República por dois motivos: mediocridade do governo Jair Bolsonaro e o sogro Sílvio Santos.

Como deputado, Fábio não contribuiu em nada com o país e muito menos com o Rio Grande do Norte. Como ministro segue na mesma toada.

Sem nada pra fazer, o filho do ex-governador Robinson Faria assumiu a função de jagunço de Bolsonaro nas redes sociais, talvez para justificar o seu cargo.

Nessa função, ele ameaça e desafia a justiça. Foi o caso do jornalista Xico Sá, que publicou no Twitter: “Impeachment ou morte”, com a hastag #BolsonaroGenocida.

Fábio Faria não gostou. Interpretou que o jornalista estava ameaçando o genocida presidente de morte. “E o Bolsonaro que é o extremista… Vamos arquivando e logo saberemos se a Lei será para todos!”, publicou o ministro.

Interessante que o deputado cobre Lei para todos. Que faça o mesmo e cobre a aplicação da lei nos desdobramento da operação Dama de Espadas, que se arrasta sem punir seus envolvidos, sendo o seu pai um dos principais réus.

Postado em 2 de março de 2021