Mossoró/RN, 21 de Abril de 2021

Juíza Ticiana Nobre toma posse como diretora da Escola Judiciária Eleitoral

Nesta sexta-feira (5), o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) empossou a nova diretora da Escola Judiciária Eleitoral (Ejern), a juíza Ticiana Maria Delgado Nobre. O mandato segue por dois anos, podendo ser renovado por igual período. Realizada por videoconferência, a solenidade de posse contou com a presença virtual de autoridades do Poder Judiciário e foi conduzida pelo Presidente do TRE-RN, Desembargador Gilson Barbosa.

Após ser empossada, a juíza Ticiana Nobre falou sobre a honra de assumir a direção da EJERN. “Percebi quão nobre será a missão que me foi confiada. Nobreza que ressai  não da distinção própria do cargo, mas do honroso encargo de contribuir para a formação cidadã do eleitor, do agente político, do magistrado e da comunidade jurídica, executando tarefas e empreendendo ações por meio de um diálogo aberto com a sociedade e com a vida política do Rio Grande do Norte”, afirmou.

A magistrada também pontuou os projetos que pretende tocar enquanto dirigente da EJERN. “Comprometo-me a ofertar o meu trabalho revestido de zelo dedicação à escola, ciente de que muito já foi feito, mas a linha do sucesso e do crescimento institucional impõe muito ainda a se fazer. Construir a cara e o corpo da nossa EJERN, atribuindo-lhe um nome e referencial físico no prédio do TRE-RN; fortalecer a coerência do nosso eixo interno de atuação; e investir no desenvolvimento do ensino à distância, cuja perpetuação alarga as fronteiras e minimiza o custo econômico da divulgação do saber”, declarou.

Na ocasião, o Desembargador Gilson Barbosa destacou o comprometimento da juíza Ticiana Nobre com a Justiça Eleitoral. “Assume mais uma missão dentre outras que já exerce. Estou certo de que, à frente da Escola Judiciária Eleitoral, fará um trabalho brilhante junto a sua equipe. A Escola tem um papel importante na comunidade jurídica, na medida em que formula a capacitação e formação de estudantes, servidores, magistrados e o público em geral quanto à ética eleitoral e os valores da cidadania e da democracia”, ressaltou.

O presidente do TRE-RN ainda reconheceu o trabalho exercido pela ex-diretora da EJERN, a Juíza Érika Paiva. “Deixo registrado minha admiração e reconhecimento à Drª Érika Paiva, que prestou tão bem, com lisura e capacidade, seu período como dirigente. Quiseram as normas que houvesse uma alteração, mas tenho certeza que ela não se furtará de comparecer para prestigiar os trabalhos desta Escola. A EJERN também faz parte da vida dela”, concluiu.

Postado em 5 de março de 2021