Mossoró/RN, 21 de Abril de 2021

Na contramão da Prefeitura, UBS afirma que atrasar segunda dose da Coronavac não é problema e marca aplicação para depois de 28 dias

Enquanto a Prefeitura de Mossoró convoca as 470 pessoas que atrasaram a aplicação da segunda dose da vacina Coronocav, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Bernadete Bezerra de Souza Ramos, no Liberdade 2, afirma que não há problema se a aplicação passar dos 28 dias indicados.

Nessa terça-feira (06), o coordenador de Imunizações, Etevaldo Lima, chamou a atenção para o fato de que o prazo entre uma dose e outra da Coronavac é de 28 dias. No entanto, nesta quarta-feira (07), servidores da UBS do Liberdade 2 afirmaram a uma idosa não haver problema em aplicar o imunizante depois dos 28 dias. “Não pode aplicar antes”, reforçou uma funcionária.

A mesma UBS agendou a aplicação de segunda dose para um grupo de idosos para depois do prazo de 28 dias. A primeira dose foi aplicada no dia 17 de março, enquanto que a segunda foi agendada para o dia 17 de abril, 31 dias depois.

E prazo pode ser ainda mais esticado. Como dia 17 de abril é um sábado, a aplicação foi remarcada para o dia 21, mais 4 dias depois. O espaço entre a primeira e a segunda dose vai ser de 35 dias.

A recomendação do Instituto Butatan é que o esquema de imunização seja feito com intervalo de 2-4 semanas entre as doses, entre 14 e 28 dias.

O PORTAL DO OESTE entrou em contato com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde, mas ainda não teve retorno.

Postado em 7 de abril de 2021