Mossoró/RN, 23 de Setembro de 2021

Polícia Militar apreende armas de fogo na zona Oeste e Ponta Negra

Na noite desta segunda-feira(08), a Polícia Militar, através do 5º e 9º Batalhão, apreendeu uma arma de fogo após confronto no bairro Novo Horizonte, localidade conhecida como comunidade do Japão, zona Oeste de Natal.

Por volta das 22h45, a viatura do 5º BPM realizava patrulhamento na Rua Alterosa com Avenida das Alagoas, no conjunto Pirangi, quando se deparou com um veículo tipo Ford Ka, de cor prata, e ao perceber tal veículo em atitude suspeita decidiu fazer o acompanhamento de forma moderada. Ao notar a presença da viatura, o carro suspeito empreendeu fuga pela Avenida das Alagoas sentido BR-101, seguindo em direção ao Estádio Arena das Dunas, entrou na Avenida Lima e Silva, indo para Zona Oeste da cidade.

Nas proximidades do bairro Novo Horizonte, o automóvel se deparou com uma viatura do 9º BPM contra quem iniciou um confronto. Três dos quatros integrantes do veículo conseguiram fugir adentrando a favela, e Luiz Eduardo Moreno de Lima, 25 anos, foi alvejado, permanecendo no interior do carro. Com ele foi encontrado um Revólver Cal.38 da marca Taurus contendo seis munições deflagradas e mais oito munições intactas do mesmo calibre.

A SAMU foi acionada e cuidou dos ferimentos do suspeito. Após atendimento, a viatura conduziu o mesmo e a arma apreendida à Central de Flagrantes da Polícia Civil para realização dos procedimentos cabíveis.

Ponta Negra – Por volta das 22h, o CIOSP recebeu informações de que um homem conhecido apenas por Gustavo Luiz, suspeito de praticar assaltos à taxistas e estabelecimentos comerciais na área de Ponta Negra, encontrava-se escondido em uma casa na rua Pedro Fonseca Filho, no conjunto citado.

A viatura do BPChoque se deslocou até o local e foi recebida com disparos de arma de fogo, reagindo a injusta agressão, atingindo o indivíduo. Com ele os policiais encontraram um Revólver Cal.32 contendo seis munições, sendo duas deflagradas e quatro intactas.

O suspeito foi conduzido ao Clóvis Sarinho, onde foi medicado e em seguida levado à Central de Flagrantes da Polícia Civil para os procedimentos decorrentes.

Postado em 9 de abril de 2019