Mossoró/RN, 14 de Junho de 2021

Prefeita Rosalba não recebe professores e nem mesmo deputado estadual

A greve dos professores da Rede Municipal de Ensino de Mossoró já chegou aos 40 dias e, até hoje, a prefeita Rosalba Ciarlini não recebeu o Sindiserpum (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró) para discutir os pleitos da categoria.

Nesta terça-feira (16), haverá sim um encontro entre a Prefeitura de Mossoró e o sindicato para discutir o tema, mas forçado pelo Ministério Público Estadual, a pedido do representante dos professores.

Mas os professores não são os únicos que tentam falar com Rosalba sem sucesso. Quase ao mesmo tempo em que a greve dos docentes era iniciada, o deputado estadual Allyson Bezerra protocolava ofício solicitando audiência com a prefeita de Mossoró. Mais de um mês se passou e não houve resposta ao deputado. A audiência, segundo o parlamentar, seria para colocar o seu mandato à disposição de Rosalba. Mas o Palácio da Resistência não se interessou pela oferta.

A recusa da prefeita encontra razão na politicagem (não confundam com política). Rosalba já enxerga Alysson Bezerra como um adversário e rejeita a contribuição do seu mandato, mesmo Mossoró precisando de toda ajuda possível.

O cenário é ainda pior para Mossoró na Assembleia Legislativa. A deputada estadual Isolda Bezerra também já é encarada como adversária nas eleições de 2020 e o seu mandato também não é bem vindo ao Palácio da Resistência. Mossoró tem dois mandatos no legislativo estadual, mas a prefeita quer conversa com nenhum deles.

Postado em 16 de abril de 2019