Mossoró/RN, 07 de Maio de 2021

Governo não foi notificado sobre possível paralisação de obra do Hospital da Mulher

O Projeto Governo Cidadão informou há pouco ao PORTAL DO OESTE que não foi notificado sobre uma possível paralisação da obra do Hospital da Mulher, em Mossoró. Segundo a assessoria de comunicação do Projeto, a empresa CG Construções, responsável pela execução da obra, não fez qualquer comunicado quanto a isso.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Industria da Construção Civil de Mossoró, Francisco Neves (Biró), informou que a empresa CG Construções colocou mais de 150 trabalhadores em aviso prévio em razão da falta de repasses do Governo do Estado. “Eles estão de aviso por não ter saído o dinheiro das medições (da obra). Mas saindo esse dinheiro, esses avisos podem ser cancelados”, afirmou.

O sindicalista acrescentou que parte desses trabalhadores já serão demitidos em virtude do avanço da obra. “Já foi dado aviso na parte dos armadores, carpinteiros, que já terminaram os serviços deles. Diminuir vai, mas a obra continuar depende da liberação do dinheiro por parte do Governo do Estado”, disse Biró.

O PORTAL DO OESTE questionou se há atraso no pagamento da obra do Hospital da Mulher, e a assessoria de comunicação do Projeto Governo Cidadão ficou de repassar essas informação nas próximas horas.

A reportagem ainda não conseguiu falar com a empresa CG Construções.

Foto: Marcelo Bento/Acontece RN

Postado em 22 de abril de 2019