Mossoró/RN, 16 de Maio de 2021

Prefeitura de Mossoró vai gastar mais de R$ 2,3 milhões em estrutura do Cidade Junina

Prefeita e secretário de Cultura assinam contratos para estruturas do MCJ 2019

A Prefeitura de Mossoró vai gastar R$ 2.354.150,00 na montagem da estrutura do Mossoró Cidade Junina 2019. O resultado da licitação foi publicado no Jornal Oficial do Município (JOM) desta segunda-feira (06).

Quatro empresas foram contratas, sendo uma delas investigada por desvio de recursos públicos em eventos do Município de Macau na gestão Flávio Veras.

O montante maior vai ficar com a empresa Samucka Primeiro Mundo, de Assu: R$ 1.243.200,00, em três lotes.

A empresa LGN Estrutura e Eventos (Luiz Gonzaga Nunes – ME), de Macaíba: ficou com R$ 951.500,00, em dois lotes.

Mais R$ 159,450,00 serão destinados para a empresa Timbaleira Banda e Eventos LTDA, de Russas/CE, em dois lotes.

O valor restante, R$ 162.000,00, caberá a empresa J R Produções Artísticas.

Segundo o Ministério Público do Rio Grande do Norte, o dono dessa empresa, José Romildo da Cunha, e a sua esposa, Micheline da Silva Marques, teriam recebido em suas contas parte de um pagamento superfaturado para aluguel de trios elétricos pela Prefeitura de Macau. Os dois foram denunciados, em dezembro de 2017, acusados de serem supostos laranjas em esquemas de corrupção.

A prefeita Rosalba Ciarlini assinou hoje as ordens de serviço e afirmou que elas “foram fruto de uma licitação bastante criteriosa. Segundo a Prefeitura de Mossoró, as estruturas serão instaladas a partir de 13 de maio.

Foto: Carlos Costa

 

Postado em 7 de maio de 2019