Mossoró/RN, 05 de Dezembro de 2021

Oposição entra na justiça para anular sessão que aprovou o fim do recolhimento de contribuição sindical

O vereador Gilberto Diógenes (PT) comunicou, nesta quarta-feira (03), a entrada na justiça para anular a sessão que aprovou o fim do recolhimento da mensalidade sindical por parte da Prefeitura de Mossoró.

No judiciário, a bancada de oposição entrou com uma ação ordinária com pedido de tutela de urgência para anular a sessão da Câmara Municipal de Mossoró que aprovou o projeto do executivo que suspende o recolhimento da mensalidade sindical através da folha de pagamento da prefeitura.

No entendimento do vereador Gilberto, a sessão presidida pelo vereador Rondinelli Carlos não tem validade, pois este não faria parte da composição da mesa diretora. “Era só esperar o decreto presidencial caducar, como realmente caducou. Mas a bancada de oposição, para ajudar o executivo não observou essa situação”, disse. No entendimento da oposição, o vereador Rondinelli violou o artigo 38 do Regimento Interno da Câmara.

Postado em 3 de julho de 2019