Mossoró/RN, 22 de Junho de 2021

PMM diz que decisão judicial não tem efeito e insiste em mentira sobre salários em dia

A Prefeitura de Mossoró divulgou nota em que afirma que a decisão do Juiz Pedro Cordeiro Júnior, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Mossoró, que determina o pagamento dos salários dos servidores públicos municipais até o quinto) dia útil subsequente ao mês trabalhado não se aplica à gestão Rosalba Ciarlini.

Segundo a Prefeitura de Mossoró, o mandado de segurança de autoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum) foi impetrado em 2016, “época em que os salários do funcionalismo municipal estavam atrasados, chegando a até dois meses”, argumenta.

Na mesma nota, a Prefeitura de Mossoró insiste em mentir sobre o pagamento em dia dos salários ao afirmar que “os valores passaram a ser creditados rigorosamente em dia a partir de janeiro de 2017”. A nota omite que o “pagamento em dia” se limita ao salário base dos servidores, enquanto que gratificações e outros benefícios, que muitas vezes superam o salário base, só estão sendo creditado no mês seguinte.

Essa é, justamente, a reclamação do Sindiserpum. O sindicato quer que o pagamento integral dos salários seja feito até o 5° dia útil subsequente ao mês trabalhado e não de forma “pinga-pinga”, como define a presidente Marleide Cunha.

Postado em 27 de julho de 2019