Mossoró/RN, 27 de Outubro de 2021

Prefeitura de Mossoró exonera servidora que estaria afastada para tratamento de saúde

Uma reviravolta no caso envolvendo a servidora com cargo comissionado na Prefeitura de Mossoró Valeska Morais Duarte. Após publicar no Jornal Oficial do Município (JOM) o seu afastamento para tratamento de saúde, a Prefeitura de Mossoró fez uma nova publicação com a sua exoneração do cargo de diretora da Unidade de Educação Infantil Maria Leite de Lacerda Rocha.

Valeska Morais Duarte teve a sua exoneração recomendada no dia 10 de junho pela Promotora de Justiça Micaele Fortes Caddah, da 11ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró, após Inquérito Civil instaurado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) concluir que ela não exercia, com esmero, as atribuições do cargo. No entanto, no dia 05 de julho, a Prefeitura de Mossoró publicou o seu afastamento para tratamento de saúde até o dia 17 de setembro de 2019.

Estranhamente, uma nova publicação foi feita no JOM desta segunda-feira (05) com a sua exoneração, desconsiderando o afastamento para tratamento de saúde informado pela própria Prefeitura de Mossoró.

A reviravolta levanta questionamentos sobre a veracidade do afastamento da servidora para tratamento de saúde, já que ela não poderia ser exonerada nessa situação.

Postado em 6 de agosto de 2019