Mossoró/RN, 06 de Dezembro de 2021

Guardas iniciam operação e cobram cumprimento de promessa feita por Rosalba

A Guarda Civil de Mossoró vai deflagrar, nesta quinta-feira (19), a operação “Segurança com Segurança”. Todo o núcleo operacional da Guarda paralisará suas atividades.

Os guardas municipais reivindicam material de trabalho em condição de uso (colete balístico, spark e spray de pimenta) e porte de arma funcional.

O vice-presidente do Sindiguardas/RN, Heber, relata que há pouco mais de um ano, a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, disse, diante do efetivo, que daria andamento ao processo de legalização do porte de arma funcional. No entanto, até agora não houve efetividade do prometido.

A Guarda cobra um posicionamento da Prefeitura de Mossoró sobre o tema e reclama que já tenta há mais de um mês marcar uma reunião com o secretário municipal de Segurança Pública, Sócrates Vieira. “Não há como trabalhar em segurança pública numa cidade com os índices de violência como Mossoró, na situação que a prefeitura nos submete: colete vencido, spark quebrada, sem arma de fogo”, denuncia.

A operação será iniciada às 7 horas no Hemocentro, com uma ação de doação de sangue entre os guardas municipais. Após a decisão da deflagração da operação, foi agendada uma reunião com o secretário de Segurança Pública, às 10 horas.

Postado em 18 de setembro de 2019