Mossoró/RN, 19 de Junho de 2021

Ex-vereador leva rasteira do rosalbismo seis dias após ser nomeador presidente do PTB

O ex-vereador Lucélio Guilherme levou uma verdadeira rasteira do rosalbismo. Seis dias após ser nomeado presidente do PTB, em 29 de outubro, ele perdeu o comando do partido para o vereador Rondinelli Carlos, hoje o principal defensor do governo Rosalba Ciarlini na Câmara de Mossoró.

Lucélio informou ao PORTAL DO OESTE que já havia um acordo com o presidente estadual da legenda, Getúlio Batista, para que Rondinelli se integrasse ao PTB para disputar a renovação do seu mandato, sendo realizada, inclusive, uma reunião com outros integrantes do partido com a presença do vereador.

No entanto, tudo mudou na última segunda-feira (04), quando Getúlio ligou para o ex-vereador informando que estava passando o comando do partido para Rondinelli. “Simplesmente o vereador foi na quinta-feira (31) a Natal, depois de sair a nomeação e conversou com o presidente. E não sei o que ele disse. Mas presidente me ligou na segunda-feira (4) e disse que estava passando o partido pra ele”, relata Jucélio.

Diante da situação, o ex-vereador disse que está se desligando do PTB junto com diversos outros nomes que fariam parte da nominata do partido.

Em nota, Rondinelli Carlos disse que está conversando com o PTB e outros partidos e que não há qualquer tipo de obscuridade nesse processo. “Todo diálogo vem sendo conduzido de forma respeitosa, transparente, republicana”, defende-se.

Direção do PTB nomeada no dia 29 de outubro:

Postado em 6 de novembro de 2019