Mossoró/RN, 27 de Maio de 2022

Funcionários da Vix não recebem reajuste e sofrem com incerteza sobre futuro da empresa

Os funcionários da empresa Vix Logística, terceirizada da Petrobras instalada em Mossoró, estão sofrendo com a falta de pagamento do reajuste salarial e também com a incerteza sobre o futuro da empresa.

De acordo com denúncia feita ao PORTAL DO OESTE, o reajuste salarial era para ter sendo aplicado desde setembro do ano passado. No entanto, até o mês de fevereiro deste, a Vix ignorou o reajuste.

Os trabalhadores também reclamam a falta de reajuste para o auxílio-alimentação nos últimos três anos e o não pagamento de auxílio-transporte. Outra preocupação é a incerteza sobre a continuidade da empresa em Mossoró.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários de Cargas e Passageiros de Mossoró e Região Oeste do Rio Grande do Norte (Sintrom/RN), Francisco de Assis Medeiros, a Vix perdeu a licitação mais recente feita pela Petrobras, mas não se sabe ainda, com certeza, se a empresa vencedora, a Transbet, já irá assumir o contrato no próximo mês de abril ou se o vínculo da Vix será esticado por mais seis meses. “É uma incógnita. Uma incerteza. Uma hora dizem que a Vix vai ficar por mais seis meses, outra que a Transbet já vai assumir.”, relata o sindicalista.

O PORTAL DO OESTE tentou falar com a Vix Logística, mas não teve sucesso, seja através de ligações ou por meio de mensagens enviadas pelo WhatsApp.

Postado em 18 de março de 2020