Mossoró/RN, 20 de Maio de 2022

“Grande investimento” da Unidade de Campanha é descortinado em rede nacional

Apontado como “grande investimento” pela Prefeitura de Mossoró na manifestação judicial contra o lockdown, a Unidade de Campanha foi descortinada em rede nacional.

A reportagem da Globo denuncia a morte de uma idosa de 85 anos por falta de atendimento adequado na Unidade de Campanha. A Prefeitura de Mossoró, claro, nega,

Tratar a montagem de 20 leitos em 12 contêineres, sem respiradores ou qualquer outro equipamento, como “grande investimento” em saúde pública em meio a pandemia do novo coronavírus é um ataque aos mossoroenses.

Na verdade, as pessoas estão morrendo por falta, justamente, de um grande investimento em leitos de UTI, respiradores e todos os equipamentos necessários para o tratamento da covid-19. E não é por falta de recursos.

O PORTAL DO OESTE/BLOG DO MAGNOS mostrou que o Governo Federal já repassou mais de R$ 8,5 milhões à Prefeitura de Mossoró exclusivamente para ações de saúde de combate ao coronavírus. Enquanto isso, a Prefeitura de Mossoró investe R$ 100 mil em uma Unidade de Campanha, segundo a própria Prefeitura, e trata isso como “grande investimento” para combater o coronavírus.

Sem tirar um único centavo dos seus próprios cofres, a Prefeitura de Mossoró tem sim condições de fazer um grande investimento para combater o vírus e tratar a doença. Mas prefere mentir para o povo (e até para a justiça) e tratar R$ 100 mil como “grande investimento”.

Postado em 24 de maio de 2020