Mossoró/RN, 20 de Maio de 2022

Omissa e ainda pensando no Mossoró Cidade Junina, Rosalba é a principal aliada do coronavírus e maior responsável por casos e mortes em Mossoró

Se já não bastasse a sua omissão durante a pandemia, a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, também parece que está em outro mundo. Enquanto dezenas de mossoroenses estão morrendo, a prefeita ainda está com a cabeça no Mossoró Cidade Junina.

Com o povo aguardando o anúncio de novos leitos de UTI para covid-19, Rosalba está mesmo é divulgando que teremos Pingo da Mei Dia, mesmo que seja através de lives.

A postura da prefeita de Mossoró ao longo desta pandemia é de quem não está ligando muito para proteger a vida do seu povo. A omissão tem sido a marca de Rosalba.

A Prefeitura de Mossoró, da prefeita Rosalba, não adotou as medidas necessárias para conter o vírus e muito menos tem feito para tratar a doença.

Mesmo com carretas cheias de recursos enviados pelo Governo Federal, as ações de Rosalba de enfrentamento ao coronavírus cabem num Fiat 147. E são iniciativas falhas, que deixam bem claro a falta de planejamento do Município.

Até agora, a medida determinada pela prefeita que mais chamou a atenção durante a pandemia foi o tal túnel de desinfecção instalado na Cobal, principalmente por não ter efeito nenhum no combate ao coronavírus. Na verdade, Rosalba cometeu um crime ao expor os mossoroenses a produtos não autorizados pela Anvisa, baseada apenas em pesquisas feitas na internet.

A Unidade de Campanha, que Rosalba chegou a chamar de hospital, é outro fracasso. Enquanto Mossoró precisa de leitos de UTI, a prefeita montou estrutura de leitos de enfermaria que, segundo funcionários da UPA do BH, vivem vazios.

Rosalba não encarou a pandemia como deveria. Não chegou a chamá-la de “gripezinha” é verdade. Mas não precisava. A omissão dela já fala por si só. Quando Mossoró precisou de fiscalização para o povo ficar em casa e impedir o avanço do vírus, não teve. Quando Mossoró precisa de leitos de UTI para tratar os doentes, não tem.

Está sobrando recursos e faltando atitude da prefeita. Em sua longa trajetória política, Rosalba agora deve carregar nas costas grande parte da responsabilidade pelos quase mil casos e quase 50 mortes provocadas pelo novo coronavírus até o momento. Ela tinha e tem as rédeas para guiar Mossoró pelo melhor caminho, mas prefere ficar sentada com a boca cheia de dentes esperando a live do Pingo da Mei Dia chegar. E daí?

Postado em 29 de maio de 2020