Mossoró/RN, 27 de Outubro de 2021

Um dos maiores assaltantes de bancos do RN morre em confronto com a PM

Considerado um dos maiores assaltantes de bancos do Rio Grande do Norte, João Alves Nunes, morreu no início da tarde desta quarta-feira, 21, durante confronto com policiais militares na cidade de Umarizal.

João da Besta, como era mais conhecido, reagiu a abordagem policial e atirou contra guarnições que estavam no local averiguando uma denúncia. Houve revide e na troca de tiros João Alves foi baleado e socorrido pelos próprios PM’s para o hospital da cidade. Ele não resistiu e morreu na unidade hospitalar.

Os policiais apreenderam com João da Besta um revólver, munições deflagradas e uma pequena porção de drogas. O material foi apresentado na Delegacia Regional de Polícia Civil de Umarizal para os procedimentos cabíveis.

João Alves Nunes chegou a ser preso em São Paulo em 2010 após seu grupo ser desmantelado pela polícia potiguar e ter fugido para a capital paulista. Ele também era apontado como autor da morte do capitão do Exército Francisco Assis da Fonseca Melo. O homem de 58 anos foi assassinado em 2008 na cidade de Martins.

Com informações do Fim da Linha

Postado em 21 de outubro de 2020