Mossoró/RN, 27 de Outubro de 2021

Com 412 proposições, Isolda é deputada estadual mais produtiva no primeiro semestre de 2021

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) foi a parlamentar mais produtiva na Assembleia Legislativa no primeiro semestre deste ano, encerrado nesta quinta-feira, 22. Isolda apresentou 412 proposições, sendo 40 projetos de lei e 372 requerimentos, durante os seis primeiros meses de 2021.

Além disso, a deputada também passou a ocupar a presidência da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa e é relatora da CPI da Arena das Dunas, que está com os primeiros depoimentos marcados para o dia 3 de agosto, no retorno do recesso parlamentar. “Tudo isso só foi possível graças ao trabalho intenso da nossa equipe, que o tempo todo está preocupada com o futuro do povo do Rio Grande do Norte”, declara a deputada.

Entre as propostas apresentadas por Isolda no seu terceiro ano de mandato, se destacam projetos de lei como o de igualdade de vagas entre mulheres e homens nos concursos da Polícia Militar, de segurança para trabalhadores de aplicativos, o de criação de fundo estadual para financiar a cultura do Rio Grande do Norte e o de incentivo à ciência nas escolas.

Entre os requerimentos, Isolda solicitou a instalação de Delegacias Especializadas de Atendimentos à Mulher nos municípios de Assu, Currais Novos e Pau dos Ferros, o equipamento de escolas com computadores e internet banda larga; a retomada da entrega de kits de merenda escolar; e a abertura de linhas de crédito para os pequenos empreendedores, prejudicados durante a pandemia.

Nos dois primeiros anos de mandato como deputada estadual – 2019 e 2020 -, Isolda também foi autora de leis importantes que mudaram a realidade do Rio Grande do Norte. É o caso da Lei do Pecafes, que obriga que pelo menos 30% das compras alimentícias do Estado tenham origem na agricultura familiar. A lei se mostrou fundamental para a renda dos pequenos agricultores potiguares durante a pandemia do coronavírus, com compras que superam R$ 15 milhões para fornecer alimentos saudáveis nas cestas básicas distribuídas pelo Estado neste período.

Outra proposição de Isolda que melhorou o Rio Grande do Norte foi o requerimento para a instalação da delegacia virtual da mulher. A lei possibilitou que mulheres vítimas de violência denunciem virtualmente à Polícia Civil os casos em cidades em que não há delegacias especializadas de atendimento à mulher.

Para o próximo período, a deputada Isolda promete continuar trabalhando em favor do Rio Grande do Norte. “Continuaremos buscando o melhor para o Rio Grande do Norte com muita responsabilidade. Queremos um Estado mais justo, seguro e com desenvolvimento sustentável, para que a vida de todo o povo potiguar melhore de maneira igualitária”, afirmou a deputada.

Postado em 22 de julho de 2021