Mossoró/RN, 25 de Outubro de 2021

BLOG DO MAGNOS: Lawrence ameaça eleição de Kelps e sua candidatura a federal pode ter virado um problema no Solidariedade

A candidatura do vereador e presidente da Câmara de Mossoró, Lawrence Amorim (Solidariedade), a deputado federal nas eleições de 2022 deixou de ser praticamente certa para se tornar uma possibilidade. O próprio parlamentar tem dito que vai depender da conjuntura do momento. Mas o que fez Lawrence, atual suplente do deputado federal General Girão (PSL), recuar um pouco em seu projeto político? Terá sido o deputado estadual Kelps Lima?

“Dono” do Solidariedade no Rio Grande do Norte, Kelps vai disputar uma vaga na Câmara dos Deputados no próximo, na certeza que o seu partido conquista uma cadeira. Estaria Kelps com medo de perder esse assento para Lawrence? E por isso o vereador estaria sendo desestimulado? São situações bem possíveis de estarem ocorrendo nos bastidores do Solidariedade.

Em 2018, Lawrence teve 24.551 votos para deputado federal, enquanto que Kelps se reelegeu deputado estadual com 33.819. Claro que são votos diferentes para federal e estadual, mas são números que permitem apostar em uma disputa acirrada entre os dois no próximo ano, se a concorrência entre eles for para o mesmo cargo.

Se contar com o apoio do prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, Lawrence tem toda as condições de bater de frente com Kelps. O deputado estadual vai querer correr esse risco? Uma eventual retirada da candidatura do vereador, deve levar Allyson a apoiar Kelps, o que lhe garantiria, sem dúvida nenhuma, assento no Congresso Nacional.

É possível que a antecipação da eleição para Mesa Diretora da Câmara de Mossoró, que garantiu Lawrence na presidência até dezembro de 2024, faça parte das negociações para o edil recuar do seu projeto político para 2022.

Está claro que a prioridade número um, dois e três do Solidariedade para 2022 é eleger Kelps. E ele não vai colocar esse projeto pessoal em risco.

Diante dos fatos expostos, a conclusão é que a candidatura de Lawrence a deputado federal não deve interessar a Kelps. Outro pensamento diferente desse, só se o Solidariedade tivesse cacife para eleger dois deputados federais. Mas ai já é outra história.

Postado em 24 de julho de 2021