Mossoró/RN, 05 de Dezembro de 2021

Campanha de multivacinação começa nesta sexta-feira

Começa nesta sexta-feira, 1º de outubro, em todo o país, a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente 2021. O objetivo é melhorar as coberturas vacinais e diminuir a incidência de doenças imunopreveníveis, como a poliomielite, meningite e hepatites e contemplará crianças e adolescentes até 15 anos.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) realizou reuniões com as regionais de saúde e coordenações municipais de imunização com orientações para a ampliação das coberturas vacinais: como a garantia das salas de vacina abertas durante todo o horário de funcionamento, o registro adequado da vacinação, o combate a qualquer informação falsa sobre vacinação, além da garantia de pessoal treinado e habilitado para vacinar durante todo o tempo de funcionamento das salas de vacinação.

O coordenador de Imunizações de Mossoró, Etevaldo de Lima, confirmou o início da campanha de multivacinação para esta sexta-feira, 1º, e reforça a importância de atualização da caderneta de vacinação deste público.

As vacinas sugeridas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) para as crianças menores de 1 ano de idade são: BCG, Rotavírus, Hepatite A, Hepatite B, Meningo C, Pentavalente, Pneumocócica, Poliomielite e Tríplice Viral. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 95% das crianças nessa faixa etária.

Em 2020, de janeiro a agosto, 42 municípios do RN conseguiram atingir a meta de 95% do público-alvo em 3 ou 4 vacinas. Em 2021, no mesmo período, este número é de apenas 15 municípios que atingiram a meta.

COVID-19 – Etevaldo de Lima adiantou que a vacinação contra a Covid-19 em Mossoró prossegue vacinando adolescentes de 12 anos + e também continua a imunização com a dose de reforço para os idosos com 70 anos +. No feriado de amanhã (30), a vacinação vai acontecer das 8h às 16h no Ginásio de Esporte Pedro Ciarlini. Na sexta-feira, a vacinação da Covid retorna para o Ginásio do SESI.

Etevaldo ressaltou também que o trabalho de busca ativa para identificar as pessoas que estão com a segunda dose em atraso, prossegue na cidade. Esse trabalho vem sendo realizado nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), através dos agentes de saúde.

Foto: Allan Phablo (Secom/PMM)

Postado em 29 de setembro de 2021