Mossoró/RN, 27 de Outubro de 2021

Mais de 5 mil pessoas receberam atendimento antirrábico no RN

No Rio Grande do Norte, 5.039 pessoas foram atendidas nos serviços de saúde vítimas de agressões por animais considerados potencialmente transmissores de raiva, entre a 1ª e 36ª semana epidemiológica deste ano, representando uma redução de 42,29% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram notificados 8.731 casos, aponta o Boletim Epidemiológico da Raiva emitido pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

A redução está provavelmente associada ao atual contexto sanitário da pandemia da Covid-19, em decorrência das recomendações de distanciamento social e isolamento domiciliar, as quais contribuíram para uma redução de exposição ou fez com que a população evitasse procurar uma unidade de saúde para atendimento.

Na Região Metropolitana, onde se concentra o maior número de atendimentos, foram registrados 1.918 atendimentos, equivalente a 38,1%. A 2ª regional de saúde (Mossoró) registrou 1.243 atendimentos (24,7%); 3ª regional de saúde (João Câmara) – 358 (7,1%); 4ª regional de saúde (Caicó) – 397  (7,9%); 5ª regional de saúde (Santa Cruz) – 194 (3,8%); e, 6ª regional de saúde (Pau dos Ferros) – 485 (9,6%).

De acordo com o boletim, os cães são responsáveis por 65% das agressões (3.268 casos), seguida dos gatos com 29% (310 casos), e as demais espécies de animais responsáveis por 6% (310 casos registrados).

A raiva é uma zoonose viral caracterizada como encefalite progressiva e aguda que apresenta letalidade em aproximadamente 100% dos casos. A transmissão se dá por meio da penetração do vírus contido na saliva do animal infectado (cães, gatos, morcegos, raposas, primatas e outros do ambiente rural), principalmente pela mordedura e, raramente, pela arranhadura e lambedura de mucosas.

Prevenção

Uma das principais forma de prevenção da raiva, tanto em áreas urbanas como em áreas rurais, ocorre mediante manutenção de altas taxas de cobertura vacinal nos animais domésticos (cães e gatos) e animais de produção (vacas, ovelhas porcos, cavalos, entre outros). Nesse sentido, amanhã (02), acontece o dia “D” da Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos em todo Rio Grande do Norte. 

A expectativa é que sejam vacinados 659.283 animais, sendo 463.259 cães e 196.024 gatos. Podem ser vacinados cães e gatos saudáveis acima dos 3 meses de idade. A recomendação é que os tutores levem os animais aos pontos de vacinação contidos em guias/coleiras ou caixa de transporte por pessoas com capacidade física para contê-los e, preferencialmente, levando a carteira de vacinação do pet.

A Sesap orienta que, em caso de agressão por qualquer animal potencialmente transmissor, deve-se lavar o local com água corrente e sabão e procurar atendimento médico imediatamente para receber o tratamento preventivo (soro e/ou vacina), caso seja necessário.

Iniciada em 13 de setembro, a campanha se estende até o dia 13 de novembro. Para mais informações sobre o horário e localização dos pontos de vacinação, procure a secretaria de saúde de seu município.

Postado em 4 de outubro de 2021