Mossoró/RN, 23 de Outubro de 2021

Banda formada por mulheres e compositor mossoroense vencem Edital Música Transforma 2021

O Edital Música Transforma 2021, do projeto cultural Som Sem Plugs, mais uma vez, alcançou grandes proporções – desde o processo de inscrição até a votação popular encerrada no último dia 08 – e anuncia seus vencedores ao público. Entre os ganhadores, estão dois artistas/bandas de Natal e Grande Natal e outros dois da região Oeste do RN.

A competição chegou aos exatos 125.722 votos, através da plataforma WebAPP Som Sem Plugs. Os vencedores do edital, após uma votação acirrada, são: Íris Lima (39.259 votos); Lucas Lopes (36.117 votos); CoisaLuz (5.245) e Antônio (4.083). No total, estavam participando da votação popular 16 artistas/bandas. Nesta edição do “Música Transforma”, foram mais de 90 inscritos e a primeira fase eliminatória contou com uma comissão julgadora formada por personalidades de renome, como Constança Scofield, Bruno Garcez, Indiana Nomma e Heverton Nascimento.

Os quatro vencedores vão receber, além da produção audiovisual exclusiva do Som Sem Plugs, a produção de um single da música enviada para o edital e mentorias ministradas por profissionais que auxiliarão em questões pertinentes às suas carreiras artísticas. “Para nós do Som Sem Plugs é sempre uma imensa e grata surpresa a proporção que este edital alcança. E, o que já era uma grande preocupação nas edições anteriores, este ano, foi maior. Fizemos questão de investir ainda mais no que diz respeito à segurança da plataforma de votação, impedindo a ação de robôs e permitindo unicamente a ação, fruto do trabalho dos artistas junto aos seus fãs, familiares, amigos e amantes da música potiguar”, explica Felipe Campos Chaves, diretor geral do SSP.

A temporada 2021 do Som Sem Plugs é apresentada por Neoenergia Cosern e Instituto Neoenergia, através da lei Câmara Cascudo de incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e o edital “Música Transforma 2021” conta com os apoios da InterTV, Grupo Dunas e Arte Musical. O SSP firmou-se, ao longo deste tempo, quase 10 anos, como o principal veículo de divulgação, em formato audiovisual, dos músicos e compositores potiguares, tendo realizado neste período centenas de produções originais de mais de 100 artistas/grupos nascidos ou radicados no Estado.

Os vencedores

Íris Lima – Cantora, compositora e atriz. Na estrada desde 2013, Íris Lima ingressou na música por meio do universo junino, sendo vocalista de destaque. Participou de vários eventos como Natal em Natal e o Festival de Quadrilhas Juninas da Globo Nordeste, organizado pela TV Globo. (@cantorairis)

Lucas Lopes – Cantor e compositor, Lucas Lopes tem atuação nas casas de show de Natal. Após uma pausa na carreira musical para estudos, Lucas retorna as canções e sua nova aposta é o seu último single e composição “Mãe Morgana”. (@canta.lucas)

CoisaLuz – CoisaLuz é uma banda formada por mulheres mossoroenses e produz uma música que homenageia sua herança africana e ameríndia. Afroameríndia é a música de lançamento do primeiro EP da banda, um convite à reflexão coletiva sobre a herança e origem da mulher brasileira, ressalta a importância de saber quem somos enquanto povo e exalta os benefícios do resgate da ancestralidade. (@coisaluz)

Antonio – Licenciado em música pela UFRN, o compositor Antonio iniciou sua carreira nas noites mossoroenses. Sempre acompanhado de seu violão envolvente, Antonio traz em suas composições a nostalgia do mar que evoca a influência de Dorival Caymmi, Caetano Veloso e Dominguinhos. Suas letras e melodias remetem a ideia de contemplação do horizonte, enquanto passeia por diferentes ritmos nordestinos. (@antonio.euantonio).

Postado em 11 de outubro de 2021