Mossoró/RN, 19 de Agosto de 2022

Feira feminista reúne agricultoras, artesãs e artistas com programação exclusiva nesta quinta-feira (16)

O Centro Feminista 8 de Março realiza nesta quinta-feira, 16 de dezembro, a partir das 17h, mais uma edição da Caravana Feminista da Economia Solidária, uma iniciativa que prevê a realização de feiras itinerantes com a participação de mulheres agricultoras e artesãs dos grupos acompanhados pelo CF8, de diversos municípios potiguares, como forma de incentivar a produção e comercialização de seus produtos. E a próxima parada será em Mossoró. 

A feira será realizada na sede do Centro Feminsita 8 de Março, no cruzamento da Rua Dionísio Filgueira com a Quintino Bocaiúva, no Centro, e terá produtos agroecológicos, artesanato, comidas, bijuterias, plantas, roupas e serviços, ilustrando a diversidade e a beleza da produção das mulheres. 

A programação terá, além da feira, uma cultural com a participação de várias artistas mossoroenses, com show da banda Coisa Luz; uma performance cênica com Odara Inaê, Dayanne Léo e Lenilda; e um show produzido especialmente para a ocasião, intitulado “Mulheres em Movimento”, com a participação de Caroline Melo, Marilia Kardenally, Roberta Lúcida, Cabocla de Jurema, Roberta Costa, Thayny Dayany e Lucimeire Bal. 

Ainda durante a feira será possível conferir a exposição fotográfica “Mulheres redesenhando a vida no semiárido”, que tem o objetivo de destacar as belezas do território potiguar, a auto organização das mulheres e a multiplicidade de suas atividades, trazendo um olhar para um semiárido vivo, onde a vida pulsa e onde as mulheres resistem e se reinventam todos os dias. 

O evento faz parte da programação de encerramento das atividades do ano de 2021 do Centro Feminista 8 de Março, intitulada também de “Mulheres em Movimento”, que terá início às 8h da manhã, com a realização do semiário “Mulheres redesenhando a vida: as lutas necessárias e desafios pra enfrentar”, com a participação de Nalu Faria, da Sempreviva Organização Feminista (SOF); Neneide Lima, da Rede Xique-Xique; e Vanessa Fialho, subsecretária de políticas para as mulheres (SEMJIDH). Essa atividade marca o encerramento do projeto “Mulheres redesenhando a vida”, co-financiado pela União Europeia. 

Ainda dentro dessa programação, será lançado o novo projeto que o Centro Feminista irá executar. O projeto “Água viva na escola: transformando o semiárido”, em parceria com a Fundação Banco do Brasil (FBB), que prevê a reaplicação da tecnologia social “água viva”, que visa o tratamento e a reutilização da água cinza no cultivo de hortaliças, pequenas frutíferas e arbóreas, em 20 escolas de 3 municípios potiguares.

A programação é uma iniciativa do Centro Feminista 8 de Março, com o União Europeia e a Fundação Banco do Brasil, e em parceria com a Rede Xique-Xique e o Grupo Mulheres em Ação.

Postado em 15 de dezembro de 2021