Mossoró/RN, 16 de Agosto de 2022

Projeto ‘Cultura, Memória e História’ recupera memória do patrimônio histórico potiguar

Foto: Maria Simões

O IHGRN passou a publicar, em parceria com o professor e historiador Henrique Lucena, vídeos gravados em locais históricos de Natal, a fim de disseminar informações sobre o patrimônio local e a importância do IHGRN na edificação dos espaços. A série, intitulada “Cultura, Memória e História”, terá a duração de 10 episódios com periodicidade quinzenal e já lançou materiais gravados na Fortaleza dos Reis Magos e na praça André de Albuquerque. Estes e os próximos vídeos podem ser conferidos no Instagram do Instituto (https://www.instagram.com/ihgdorn/).

Henrique Lucena é o idealizador da série e a assessora e fotógrafa do IHGRN, Maria Simões, ingressou no projeto como produtora. Também participam desta iniciativa o diretor de imagem Claybinho Moura e a historiadora Clara Minervino.

Para a produtora Maria Simões, o ingresso neste trabalho possibilitou a criação de um material de fácil acesso a todos os usuários do Instagram. A intenção é aperfeiçoar o trabalho, pensando e planejando de forma contínua. Para ela, ver e ouvir um professor totalmente engajado com a causa é uma ótima forma de enaltecer a existência e fomentar a preservação do patrimônio.

“A série surgiu da necessidade de movimentar as redes sociais do IHGRN, possibilitando a diversos públicos o acesso ao conhecimento sobre o que a instituição representa e sua importância para a sociedade”, conta o historiador Henrique Lucena. Para o professor, a série tem papel na construção da memória e do patrimônio potiguar e ao mesmo tempo evidencia a relevância do Instituto na edificação dos espaços, da memória e da identidade norte-rio-grandense.

Sobre o idealizador

Henrique Lucena é mestre em História, professor e historiador. Lucena é sócio efetivo do IHGRN e dedica-se à educação e produção de conteúdo voltado para a internet, tratando de temas históricos.

O Instituto – 120 anos

Fundado em 1902, o Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte completou 120 anos em 2022. É a mais antiga instituição cultural potiguar. Abriga a biblioteca, o arquivo e o museu mais longevos em atividade do Estado. Promove exposições, palestras e atividades voltadas à manutenção e divulgação da cultura, história e geografia norte-rio-grandense, e publica a sua revista desde 1903, sendo a mais antiga em circulação no Rio Grande do Norte.

Postado em 25 de abril de 2022