Mossoró/RN, 09 de Dezembro de 2022

Rio Grande do Norte deve ganhar 77 novas usinas eólicas até 2026

De acordo com um levantamento da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica — CCEE, 79 novas usinas eólicas devem entrar em operação comercial no Rio Grande do Norte até janeiro de 2026, atraindo investimentos da ordem de R$ 9,6 bilhões e ampliando a capacidade instalada dessa fonte no estado dos atuais 6.790 megawatts para 7.320 megawatts.
 

Os projetos deverão entregar ao Sistema Interligado Nacional — SIN cerca de 530 megawatts médios por ano, volume equivalente a mais de 70% de toda a energia que é consumida em território potiguar. Os dados fazem parte de relatórios dos últimos leilões de energia nova realizados pela própria CCEE e pela Agência Nacional de Energia Elétrica — Aneel.
 

O investimento previsto será destinado por empresas que têm apostado cada vez mais no potencial de geração de energia renovável no estado. Na avaliação da CCEE, além do ganho ambiental, o crescimento dessa fonte gera emprego e renda, aumenta a confiabilidade do SIN e mantém o setor elétrico brasileiro entre os mais sustentáveis do mundo.

Sobre a CCEE

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE é responsável por viabilizar e gerenciar a comercialização de energia elétrica no país, garantindo a segurança e o equilíbrio financeiro deste mercado. A CCEE é uma associação civil sem fins lucrativos, mantida pelas empresas que compram e vendem energia no Brasil. O papel da CCEE é fortalecer o ambiente de comercialização de energia – no ambiente regulado, no ambiente livre e no mercado de curto prazo – por meio de regras e mecanismos que promovam relações comerciais sólidas e justas para todos os segmentos do setor (geração, distribuição, comercialização e consumo).

Postado em 14 de junho de 2022