Mossoró/RN, 18 de Agosto de 2022

Beneficiários de programas sociais precisam atualizar seus dados

Por Leandro Martins – Repórter da Rádio Nacional – Brasília

Beneficiários do Auxílio Brasil, Auxilio Emergencial, Tarifa Social de Energia Elétrica, BPC – Benefício de Prestação Continuada, e outros programas sociais, que não atualizem seus dados no CadÚnico, o Cadastro Único do governo, poderão ser excluídos do sistema no ano que vem.

E são duas as situações em que é preciso que os dados sejam conferidos: a revisão cadastral e a averiguação cadastral.

A revisão é exigida a cada dois anos, ou quando a família passa por alguma alteração, como nascimento, casamento ou falecimento. Neste caso, o prazo, que terminaria nesta sexta-feira, foi estendido para até 14 de outubro.

A funcionária terceirizada Maria Natália, que é beneficiária do Auxílio Brasil, está atenta. E já prepara a atualização dos dados da família.

Já a averiguação cadastral é necessária para as famílias cujos dados não conferem, quando cruzados com informações de outras fontes. O prazo aqui é menor e encerra em 12 de agosto.

Para o beneficiário saber se está em fase de análise ou revisão cadastral, e o que deve fazer para regularizar seus registros, basta consultar o aplicativo do Cadastro Único, que informa quando é necessário comprovar os dados e o que precisa ser informado. E pode resolver por ali mesmo. Mas, se for preciso alterar algum dado, aí é necessário ir até um posto do CRAS.

Postado em 19 de julho de 2022