Mossoró/RN, 18 de Agosto de 2022

Covid: 65 milhões de brasileiros não tomaram a 3ª dose da vacina

Por Cristiane Ribeiro – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

Quase 65 milhões de pessoas em todo o Brasil ainda não voltaram aos postos para receber a primeira dose de reforço da vacina contra a Covid-19, atualmente indicada para todas as faixas etárias acima de 12 anos.

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 100 milhões de imunizantes já podem ser aplicados para reforçar a proteção dos brasileiros contra a doença e, de acordo com os números do painel de transparência LocalizaSUS, 83,2% da população recebeu até agora a primeira dose e 76,4% completou o ciclo inicial de vacinação com as duas ou dose única.

Na corrida contra a Covid-19, a cidade do Rio de Janeiro avança mais um passo e começa a aplicar nesta quarta-feira (20) o segundo reforço,  ou a quarta dose, nas pessoas com 35 anos ou mais. O anúncio foi feito pelo prefeito Eduardo Paes nas redes sociais. Ele lembrou que é preciso respeitar o intervalo de pelo menos quatro meses após a primeira dose de reforço para receber a segunda.

Também nesta quarta-feira (20), a Secretaria Municipal de Saúde do Rio inicia a vacinação contra a covid-19 em crianças de 3 anos. Para essa faixa etária, o imunizante a ser utilizado é a CoronaVac, com esquema de duas doses e intervalo de 28 dias entre elas.

O superintendente Municipal de Vigilância em Saúde, Márcio Garcia, lembra que somente a vacina reduz os riscos das formas graves e de mortes pela Covid-19….

Mas, quem está com sintomas gripais não deve receber o imunizante. É preciso antes procurar uma clínica da família ou centro municipal de saúde para realizar o teste de covid-19.

Postado em 19 de julho de 2022